por Grupo Gurdjieff da Granja - GGGranjaO silêncio e a imobilidade

A energia de vida flui em um eterno movimento. É ela que nos faz correr incansavelmente de um lado para outro, de um interesse para outro, de um desejo para outro, em uma pressão sem limites que vai do nascimento à morte.

Tantos acidentes e equívocos são cometidos ao longo do tempo! Porque não paramos senão para dormir e, mesmo assim, quantas noites de insônia povoadas de pensamentos, lembranças e preocupações...!

Se observarmos o mundo à nossa volta, veremos essa corrida desvairada na maioria das pessoas, sempre buscando algo maior e melhor, um ganho, uma felicidade futura: na arte, na política, na ciência, nos relacionamentos etc.

A vida das crianças, então, virou uma maratona sem sentido e sem limite: aulas de inglês, espanhol, natação, equitação, música, culinária, terapia, meu Deus!, não existe mais um segundo de brincadeira livre, de traquinagem tranquila, de um sono bom depois do almoço.

Desconhecemos por completo o valor do silêncio e da imobilidade. É uma pena, pois são experiências fundamentais para uma existência plena e feliz.

Ficar em silêncio e imóvel, sem fazer nada, vivenciando o delicioso vai e vem da respiração, mesmo que seja por alguns minutos ao dia, pode fazer uma enorme diferença em nossa capacidade de atenção e interação com o mundo interior e exterior. Comece a praticar por cinco minutos; depois, ao longo do tempo, ao experimentar a sensação de bem-estar e harmonia, o coração calmo, a paz de espírito, ampliará naturalmente esse período.

Quando paramos, é possível perceber a pressão absurda da energia de vida que move tudo dentro e fora de nós. É o motor do movimento no universo inteiro, não há nada de errado com ela, pois esta é sua função. O problema é a nossa inconsciência, a escravidão que nos leva de roldão rio abaixo, para a velhice e a morte. Quando entramos em contato consciente com essa força motora ela nos retribui generosamente, iluminando nosso caminho pelo mundo.

Parece uma Meditação? Pois é isso mesmo. É uma suave e agradável prática meditativa. Experimente.

Carmem Carvalho e Marian Bleier



Os artigos e reportagens, quando assinados, não refletem necessariamente a opinião do Site da Granja e são de inteira responsabilidade de seus autores.


  • Comentários (0)
  • Comente aqui
  • Indicar para amigo(a)
  • Imprimir
Nenhum comentário.

Preencha os campos abaixo:

Nome:
E-mail:  Exibir e-mail
Título:
Comentário: 
Seu comentário sobre essa matéria, será avaliado
e publicado no prazo máximo de 48 horas.
2WK   

Indique esta notícia a um(a) Amigo(a):

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome Amigo(a):
E-mail Amigo(a): 

O Quarto Caminho - Grupo Gurdjieff da Granja - GGGranja

Grupo Gurdjieff da Granja - GGGranja

No Espaço Ulabiná, toda quarta-feira, das 19h00 às 20h30, o Grupo se reúne para vivenciar os Ensinamentos de Gurdjieff, o grande mestre espiritual, com Marian Bleier e Carmem Carvalho. Os interessados podem comunicar-se através do e-mail

E-mail: grupogurdjieffdagranja@uol.com.br



Todos os direitos de reprodução e representação reservados.

newsletteranuncie

Receba nosso informativo semanal

Arquivo

  • O silêncio e a imobilidade
  • As asas invisíveis
  • Diálogos do entardecer
  • A origem de nossos medos
  • O fluir dos dias
  • Eu e os outros
  • Uma visão sem limites
  • Os ingredientes certos
  • Ser Descolado
  • O poder da Atenção
  • A linguagem do coração
  • Alma Imigrante
  • O Quarto Caminho e a Compreensão
  • GURDJIEFF – Um Mestre do Quarto Caminho