Congada de São Benedito em Cotia  

 mais fotos:  

Congada de São Benedito em Cotia

A tradicional festa da Congada de São Benedito, realizada em Cotia há 63 anos, acontece nos dias 12 e 13 de maio. As comemorações tem lugar no bairro São Joaquim, onde fica a sede da Congada, e a programação está marcada para começar às 17h do sábado (12) e segue até o final da noite de domingo. Estão confirmadas as congadas de Taubaté, Mogi das Cruzes, Pindamonhangaba, Lorena e Maracatu, Cia. Cara Caxa e Mocambos de Raiz Nagô.

No sábado, após a chegada de Congadas visitantes, os festeiros levam o busto da Princesa Isabel, da Câmara Municipal, até a sede da congada ao som de grupos folclóricos. Todo o trajeto contará com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e de agentes de trânsito, da Secretaria de Transportes e Trânsito da Prefeitura.

Elisete de Castro, filha do saudoso Benedito Pereira de Castro, conhecido como Seu Dito, fundador da festa da Congada de Cotia, destaca a importância da festa para a família e para a cultura. “A festa é a minha identidade, é vida, alegria, é manter o que o nosso povo trouxe, manter a cultura que por muitos já é esquecida”, disse ela que segue com o legado deixado pelo pai.

Seu Dito nasceu em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, em São Paulo, e foi lá que sua mãe deu origem à Congada da região em celebração à assinatura da Lei Áurea, em 1888, pela Princesa Isabel, que garantiu a liberdade dos escravos. Mudou-se para Cotia ainda na adolescência e, em 1951, fundou a Congada de São Benedito com a ajuda do pai e dos irmãos. Desde então, a semana de 13 de maio tem sido comemorada pela família Castro. Em 2014, a Congada foi declarada Patrimônio Cultural Imaterial do Município, por meio da Lei nº 1823.

Serviço:
Congada de São Benedito – Cotia (Rua Princesa Isabel)
Sábado (12/05)
17h: Início das festividades com a chegada das Congadas de Taubaté e Mogi das Cruzes
18h: Cortejo da Câmara Municipal até a sede da Congada com o busto da Princesa Isabel
20h: Terço na casa do festeiro Benedito Pereira de Castro, em intenção das almas dos escravos – rua São Joaquim, nº 115, próximo à sede da Congada
20h30: Apresentação de Grupo de Capoeira Baluarte e Estagiário Peter, Instrutor Negão, supervisão Mestre Tizil
22h: Show com apresentação de grupos regionais
23h: Baile de Forró com o Trio Zabumbão na sede da Congada

Domingo (13/05)
6h: Hasteamento das bandeiras: brasileira, paulista e do município de Cotia. Alvorada com grupos folclóricos
9h: Chegada das Congadas de Mogi das Cruzes, Taubaté, Pindamonhangaba, Lorena, Maracatu, Cia. Cara Caxa e Mocambos de Raiz Nagô à sede da Congada
11h: Missa em intenção das almas dos escravos, no salão comunitário da Vila São Joaquim
15h: Encontro das bandeiras e representação da Lei Áurea
16h30: Procissão dos Santos Patronos acompanhados pelas Congadas até a sede
20h: Apresentação do Grupo Aurum-Percussão do Centro Cultural Família ILE AXÉ
22h: Show de encerramento com o Grupo Art Popular

Fotos: Vagner Santos



09/05/2018


Procure também por:

> Patrimônio
> Cultura
> Imaterial
> história
> tradição
> abolição
> Cotia

<< voltar

  • Comentários (0)
  • Comente aqui
  • Indicar para amigo(a)
  • Imprimir
Nenhum comentário.

Preencha os campos abaixo:

Nome:
E-mail:  Exibir e-mail
Título:
Comentário: 
Seu comentário sobre essa matéria, será avaliado
e publicado no prazo máximo de 48 horas.
OLE   

Indique esta notícia a um(a) Amigo(a):

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome Amigo(a):
E-mail Amigo(a): 

newsletteranuncie

Receba nosso informativo semanal