Opinião: Reserva Raposo, por Baraúna  

Imagem ilustrativa do que será o Raposão

Às margens da Rodovia Raposo Tavares, no munícipio de São Paulo, limite da capital com Osasco e Cotia, está prevista a construção de um mega condomínio com 17 mil apartamentos distribuídos em 124 prédios, em um terreno de 500 mil metros quadrados.

O tão famoso Reserva Raposo tem trazido muita preocupação aos moradores da nossa região, que utilizam a Rodovia Raposo Tavares diariamente e já imaginam o impacto que o empreendimento causará. Entramos em contato com o Secretário de Desenvolvimento Urbano de Cotia, José Roberto Baraúna Filho e pedimos a sua opinião como Arquiteto e Urbanista.

Veja o seu depoimento abaixo, destacando prejuízos e possíveis soluções a longo prazo:

“O processo de licenciamento passou por todos os departamentos e audiências previstas em lei e foi aprovado, sendo anunciada uma compensação de 300 milhões de reais com a implantação de terminal rodoviário, melhorias de acessos e viaduto.

O impacto disso na Raposo Tavares será enorme, o custo para a nossa cidade e o prejuízo para todos nós são imensuráveis em um empreendimento que trará milhares de pessoas (previsão de 65.000), algo como uma cidade de São Roque, em local sem infraestrutura alguma.

O que temos a nosso favor é que o empreendimento será executado em etapas e sua finalização prevista para 10 anos. Neste interim, com o aumento da demanda de usuários, justificará a implantação de transporte de massas para a região como o Metro / VLT / BRT previstas nas Centralidades do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) da Região Metropolitana de São Paulo.

Só podemos aguardar o futuro...”

O Site da Granja também manifesta a sua enorme preocupação em relação a este empreendimento e continuará em busca de mais informações sobre as contrapartidas e soluções para minimizar os impactos inevitáveis do mesmo. 



01/12/2017


Procure também por:

> Empreendimentos
> impactos
> urbanização
> Rodovia Raposo Tavares

<< voltar

  • Comentários (0)
  • Comente aqui
  • Indicar para amigo(a)
  • Imprimir
Nenhum comentário.

Preencha os campos abaixo:

Nome:
E-mail:  Exibir e-mail
Título:
Comentário: 
Seu comentário sobre essa matéria, será avaliado
e publicado no prazo máximo de 48 horas.
KEK   

Indique esta notícia a um(a) Amigo(a):

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome Amigo(a):
E-mail Amigo(a): 

newsletteranuncie

Receba nosso informativo semanal